Caminho Búdico – Ensinamentos da Happy Science

Blog – Estudos sobre os Ensinamentos Espiritualistas do Mestre Ryuho Okawa payday loans Texas
Home » Archive by category 'Auto-Reflexão 反省' (Page 2)

Saúde Espiritual e Corporal

No novo Livro HEALING YOURSELF, publicado recentemente em inglês, cujo original em japonês é o livro “Kokoro to Karada no Honto no Kankei”,o Mestre Ryuho Okawa nos ensina muitas formas de manter a saúde do corpo físico e do corpo espiritual.

Além disso, apresenta alguns segredos ainda pouco conhecidos pelo homens.

Um dos enfoques do Mestre é sobre a necessidade de se manter um nível de saúde corporal suficiente para que possamos desempenhar nossas atividades com sucesso, reduzindo o risco de doenças e garantindo longevidade distante dos médicos.

O Mestre explica que o nosso corpo é precioso, portanto devemos cuidar dele com muito cuidado e carinho. Desprezar dos cuidados do corpo é um passo para o lado da doença, além de estar reduzindo o tempo de vida na terra.

Segundo o Mestre, a forma mais barata e mais simples de manter a saúde é através do exercício físico mais comum: ANDAR.

Isso mesmo. Andar é a solução para muitos problemas, principalmente de obesidade, diabetes, cardíacos. Recomenda que se ande no mínimo 10.000 passos por dia. Logicamente, quem está desacostumado, deve começar devagar e posteriormente aumentar a caminhada.

Quem sofre de alguma doença deve consultar o seu médico para saber qual a melhor forma de se exercitar.

Mas, o Mestre recomenda. O segredo para ficar longe dos hospitais, dos médicos e dos remédios é Andar.

Andar areja o corpo e elimina as toxinas, bombeando mais oxigênio para os orgãos internos e células.

Com isso tem-se um efeito benéfico espiritual imediato: Reduz-se o nível de obsessão espiritual. Os espíritos negativos atacam as pessoas através de ombros, omoplatas, peito, pescoço, quando nessa região o sangue estiver congestionado devido à baixa oxigenação.

Ao andar, a oxigenação aumenta e melhora a circulação, diminuindo os pontos de sangue estagnado e congestionado, impedindo que os maus espíritos possam se fixar nas pessoas através dessas áreas de baixa energia.

O Mestre recomenda que se mantenha uma saúde controlada com empenho e persistência. Alerta para ter cuidado com exageros também. Recomenda que se pese regularmente, acompanhe o nivel de gordura do corpo, procurando se exercitar para evitar os depósitos de gorduras, “famosos pneus laterais da barriga”;

Músculos flácidos são um cartão de boas vindas para doenças. Devemos procurar nos exercitar com regularidade para evitar que os músculos se tornem flácidos.

Os exercícios regulares, ainda que simples como o andar, desestressam a pessoa, ajudando a reduzir o risco de cancer. Cancer é uma doença moderna, cujo fundo principal é o excesso de stress e pensamentos negativos. Para se prevenir do cancer o Mestre recomenda a meditação principalmente. Através da meditação a pessoa elimina o stress. Na ciência da Felicidade temos muitos métodos de meditação. Venha aprender conosco.

O Mestre também recomenda comer o suficiente somente, sem exageros, de forma que mantenha o corpo sem excesso de gorduras, reduzindo o riscos de ataques cardíacos e derrames por excesso de colesterol.

O Mestre recomenda que não se descuide da saúde. Muitos acabam negligenciando esse aspecto resultando por complicar certas doenças que poderiam ter sido resolvidas com um simples trtamento médico inicial.

O Mestre ensina também que a maioria das doenças tem origem psicológica ou fatores de vidas passadas. A forma de encarar a vida e pensar a respeito dos outros e do ambiente em que vive determinará se você será saudável ou um doente. As pessoas que não sentem gratidão pelos amigos, pais, irmãos, esposa, filhos, ou pelas pessoas com quem convive, está criando doenças em sua mente, que mais cedo ou mais tarde se manifestarão. A doença gerada em nossa mente afeta o nosso espírito, abrindo uma brecha para a possessão por espíritos malígnos. A forma de pensar negativa, que criou sentimentos desarmoniosos, por sua vez atrai muitos espíritos negativos. Esses espíritos se enraízam no coração espiritual da pessoa e começam a emanar desarmonia, agilizando o processo de adoecimento do corpo.

Recomenda que para evitar doenças temos que cuidar do espírito através da mente CORRETA e do corpo através do exercício físico.

Temos que fazer auto-reflexão e perdoar a si mesmo e também àqueles que nos fizeram mal. O Mestre fala que toda vez que estamos doentes devemos fazer auto-reflexão. Pensar e analisar como andam os nossos relacionamentos com as outras pessoas e porque tal doença teria sido gerada. Aceitá-la e se perdoar. Melhorando o relacionamento, relevando os erros dos outros e perdoando-os sem nada esperar em troca, será um precioso passo para se obter a cura. Por outro lado, quando estamos fazendo auto-reflexão, reconhecendo o nosso erro e propondo-se a mudar para melhor, estamos aplicando uma lição em algum eventual espírito que estiver nos obsediando. Os espíritos malígnos detestam que alguém faça reflexão sobre os próprios atos, sofrendo com esse processo, pois não querem ver a luz. O Mestre chega até a brincar que você pode pensar assim: “Você espírito malígno que está me incomodando, agora vai sofrer um pouquinho, pois vou orar, fazer reflexão e trazer luz para o meu coração. E sei que isso vai trazer sofrimento para você. Saiba que você pode até fazer mal para o meu corpo, mas não pode tocar o meu espírito, porque minha essência é Búdica, que é imortal e originariamente saudável.” Ao agir assim, você está aplicando um espécie de auto-exorcismo, fazendo uma limpeza espiritual. Não vai sobrar um para te perturbar, se de fato você fizer auto-reflexão e arrependimento de todo o seu coração.

Outro fator para curar doenças de fundo espiritual negativo é o trabalho. Procure trabalhar com afinco, ser diligente e tornar uma pessoa eficiente e útil para a sua empresa, dedicando-se de coração a realizar o melhor que você puder. O Mestre recomenda isso explicando que os espíritos malígnos são preguiçosos e detestam pessoas que se dedicam profundamente ao trabalho. Se você começa a se dedicar com amor e gratidão ao trabalho, utilizando todas suas forças para produzir um bom resultado para sua empresa ou para quem você trabalha, estará espantando todos os espíritos negativos. Uma forma de se proteger contra obsessões espirituais é através do esforço no trabalho e dedicação em produzir algo de bom. Os espíritos negativos detestam que trabalham. Os espíritos maléficos preferem os preguiçosos e enganadores no trabalho, se impregnando em seus corações, tornando-os cada vez mais escravos da preguiça, indolência, resistência a mudanças, gerando falta de respeito com os superiores, indelicadez com os colegas de trabalho e, finalmente, ingratidão pela empresa.

Trabalhem com afinco, esse é um ótimo remédio para afastar obsessões e obter curar de doenças de origem psicológica, mental e espiritual.

Quem puder ler o livro em inglês, deve adquirí-lo imediatamente.

Um forte abraço e reverencias a todos.

Comments Off

Pura Fé em El Cantare

 

O Amor que você dá

retorna para você através de Deus.

(Retirado do Livro As Leis do Sol)

 

 

 

 

 

 

 

Mensagem transmitida pelo Mestre Okawa, manifestação do Senhor El Cantare, na Palestra PURE FAITH (Fé Pura), em Agosto de 2008.  

Amar e Ter Fé em Deus são a mesma coisa.

Ter Fé é amar. Amar é ter Fé. 

O que acontece quando temos Fé ?

O que acontece quando temos fé e amamos ?

Nós nos tornamos um com Deus.

Nós estamos unificados com Deus.

É por isso que temos fé em Deus e amamos a Deus.

Quando você faz isso, Deus e você se tornarão um só.

A distância entre Deus e você desaparecerá.

E Você sentirá que Deus está o tempo todo com você.

O Mestre diz que precisamos ter fé pura, crer sem questionar. Aqueles que crêem de coração, humildemente, verão a Deus.

Muitos têm fé para obter bens materiais, dinheiro e outras coisas deste mundo. Mas esse tipo de fé é de baixo nível. A verdadeira fé é superior àquele que busca bens e satisfação dos desejos individuais.

O Mestre já afirmou e inclusive citou Jesus Cristo em outras palestras, dizendo que “Primeiro e acima de tudo tenha fé em Deus. Dessa forma, todas as demais coisas virão por acréscimo.”

Ter fé é acreditar em Deus. Se você não tem fé em Deus, você poderá cair e perder tudo a qualquer momento, pois está se baseando em coisas materiais e vãs.

Muitos tem muito mais fé no dinheiro do que em Deus. Daí, quando o dinheiro acaba, pensam que a vida acabou, cometem suicídio, roubam ou matam por aquilo que não poderão levar para o outro mundo. E pior, terão que responder pelo que fizeram.

Mas, Deus ama a todos vocês.

Creiam nisso e vençam todos os problemas. Deus ama vocês, portanto basta que correspondam ao amor de Deus para abrir a porta infinita da felicidade. Ao ter fé em Deus, um fluxo de energia constante fluirá dos céus para você e o preencherá de segurança, alegria, amor e luz.

Aceite o Senhor El Cantare assim como Ele é. Aceite seus ensinamentos da forma como lhe são ensinados e os coloque em prática.

Ame o acima de todas as coisas. Amá-lo é praticar a fé. Quem tem fé, ama. Se você não tem fé, não acredita nele, não ama. Portanto, se assim for, não poderá se tornar um com Deus, apesar da essência Búdica estar dentro de seu coração. Você precisa corresponder ao amor de Deus com fé para poder manifestar a presença Divina, o Buda Eterno, em seu ser.

(Trechos retirados e adaptados a partir da Palestra: Fé Pura)

 Comentários:

Tenho assistido muitas palestras do Mestre e ele vem batendo na mesma tecla. Muitos ainda não possuem fé verdadeira. Deixam se levar pelos apegos materiais e não abrem seus corações para a luz.

Muitos dizem ter fé, mas não aceitam, duvidam e questionam. Esse tipo de fé, não é verdadeira. Estão enganando a si mesmos. Para ter fé verdadeira é preciso amar a Deus. Lembre-se do primeiro e maior de todos os mandamentos, ensinados por Moisés: Amarás o Senhor teu Deus de todo o seu pensamento e com todas as suas forças.

Deus está dentro de você, dentro de mim. Estamos ligados a ele, mesmo que não queiramos. É-nos dado a oportunidade de viver. Pense a respeito dessa dádiva. Você não vive por sua própria força e porque quer. Pelo contrário, Deus deu-lhe a vida e a sustenta com infinita energia. Portanto, se Ele decidisse não mais nos enviar energia pelo cordão de luz, seria o nosso fim. Ele é a vida. Nós vivemos a nossa vida através dele, ainda que não saibamos. Mas você pode sentir isso quando realiza atos de amor e de bondade.

O mínimo que podemos fazer é reconhecer que a dádiva que recebemos e reverenciar o Doador Supremo.

Este mundo não é a nossa morada. Pelo contrário, o mundo celestial tem muitas moradas, já disse o Cristo. Pois bem, o Céu é composto de várias dimensões e subdimensões de onde viemos e para onde vamos, dependendo da forma como vivemos e pensamos.

Aqui estamos somente de passagem, não pela primeira vez, talvez pela milésima vez, já que a história da humanidade verdadeira, contida nos registros acácicos, descreve milhões de anos de vida na terra.

Sim, somos mais velhos do que pensamos. Nosso corpo verdadeiro não é matéria, portanto, dinheiro, bens materiais não valem nada e são somente apegos. Tem o seu propósito de permitir o nosso progresso nesse mundo, mas não devemos nos apegar a ele. Sempre nos será dado conforme a nossa necessidade e nossa fé.

Muitos ainda não sabem ou não estão conscientes de quem é o Senhor El Cantare, verdadeiro nome do nosso Deus, a mais alta consciência espiritual da raça humana, o Senhor Buda eterno, que é conhecido por outros nomes em outras religiões, que é mencionado como Deus na Bíblia, cuja consciência central está encarnada nesta terra através do Mestre Ryuho Okawa, com a missão de salvar a humanidade através da verdade búdica.

Quando digo verdade búdica, me refiro aos ensinamentos espirituais, que vêem sendo pregados pelos grandes Mestres, profetas e anjos enviados pelo Senhor El Cantare, desde o princípio da humanidade, para orientar a todos os seres humanos, filhos de Deus.

Onde está a luz ? Em seu coração. O Mestre ensina que devemos praticar o Correto Coração. Isto é, ter um coração bondoso, honesto, amoroso, fraterno, humilde. Para isso, precisamos modificar a nossa forma de pensar. Praticar o correto coração é pensar de forma correta. Não devemos pensar negativamente. Devemos dar amor sem esperar nada em troca. Devemos analisar constantemente os nossos pensamentos e corrigir os nossos erros, arrependendo-se e comprometendo a não mais errar. Para isso é preciso perdoar, não ter inimigos, não ter rancor, não falar mal dos outros, não prejudicar ninguém, mas pelo contrário, amar e nutrir as pessoas, para que cresçam felizes e desenvolvam cada vez mais.

Mas ser bom, amoroso, não significar ser bobo ou fantoche dos outros. O que é certo é certo. O que é errado é errado. Só que devemos ter compaixão daqueles que foram ruins para conosco. E se foram ruim para conosco, é porque atraímos esse acontecimento. Isso significa que precisamos olhar o que estamos  pensando e fazendo. Uma auto-reflexão do que se passa em nossa mente ajudará a encontrar o caminho correto.

O correto coração pode ser obtido pela forma correta de se pensar e se agir. O mestre sempre enfatiza os quatros pilares dos ensinamentos da Ciência da Felicidade:

1 – Amor: Dar amor sem nada esperar em troca;

2 – Sabedoria: Estudar e procurar aprender sempre, não somente o conhecimento terreno, mas o conhecimento espiritual principalmente.

3 – Auto-Reflexão: Rever diariamente o que pensamos em relação às outras pessoas. Arrepender-se, corrigir a forma de pensar e esforçar-se para não cair no mesmo erro.

4 – Desenvolvimento: Trabalhar bastante, dedicar-se em ajudar as pessoas com quem vivemos, à empresa que nos dá emprego, à sociedade que nos acata. Contribuindo para o crescimento e aperfeiçoamento das pessoas, empresas, escolas e as diversas entidades da sociedade, estamos contribuindo para criar um mundo melhor, rumo à perfeição, manifestando a utopia aqui e agora.

E não se esqueça:

O Amor que você dá retorna para você através de Deus.

Comments Off

身近なところにある悪霊憑依 Possessões Malígnas na Família

we are one  

 

 

we are one

 

Esta mensagem foi extraída da Revista Mensal em japonês ザ・伝道 ZA-DENDOU, que em português significa “Ensinando o Caminho da Verdade”.

O título da mensagem é 身近なところにある悪霊憑依, que se lê “midikana tokoro ni aru akurei hyoi”, cujo significado é POSSESSÕES MALÍGNAS EXISTENTES AO NOSSO REDOR, escrita pelo Mestre Ryuho Okawa.

Nesta mensagem, o Mestre Okawa nos ensina que quando há desarmonia no lar ou no ambiente em nossa volta certamente está ocorrendo a ação de espíritos malígnos

O Mestre diz:

Neste texto abordarei o tema da desarmonia no lar, nas relações entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos e irmãs, amigos e colegas de trabalho e outros locais à nossa volta, que sofrem influência espiritual negativa.

As vezes não somos afetados por pessoas distantes que possam estar falando mal da gente, mas as pessoas que fazem parte do nosso círculo de convivência diária e que estamos vendo a cara constantemente podem nos afetar muito, gerando infelicidade. Pois os nossos próximos têm maior força de influência.

Olhando pelo lado espiritual, quando há desarmonia no lar, em quase 99%  (noventa e nove porcento) dos casos, vem sendo provocado pela ação de um ou mais espíritos malígnos.

Apesar de que neste mundo podem ser apresentadas explicações e justificativas racionais pelo que está ocorrendo, olahndo pelo lado espiritual é possível ver que está ocorrendo a influência de espíritos malígnos.

Por isso gostaria que  quando estiverem ocorrendo desavenças ou desarmonia no lar, entre marido e mulher, caminhando para o divórcio, vocês fizessem um esforço parar um pouco para pensar e avaliar se o que está se passando na sua mente é de fato uma idéia verdadeiramente sua.

Por exemplo, quando você começa a pensar mal do seu conjuge, achando que já não é o mesmo, que ele (ou ela) já não é tão bom quanto no passado, que ele é mal, que ele é um folgado, que não serve para nada, que ele não presta, e outros pensamentos negativos, indicam que essas idéias não originariamente do seu coração cuja essência provém de Deus.

Tome cuidado quando começar a achar que seu parceiro é uma pessoa má.

Quando alguma pessoa é possuída por um espírito malígno, mesmo parceiros que viviam na mais perfeita harmonia até a um dia atrás, de repente começam a se antagonizar e se atacarem mutuamente com pensamentos, palavras e atos de rejeição e discórdia.

Outro sintoma de possessão malígna é quando se começa a enxergar as falhas do parceiro (ou parceira), lembrando-se inclusive de problemas que ocorreram até mesmo antes de se casar, pensando “Acho cometi um erro casando-se com ela ou com ela” e começar a visualizar muitos outros fatos e qualidades negativas.

Acusações tentanto convencer o parceiro de que ele é culpado por isso, por aquilo  ou que temos razão pois quem está errado é o outro, lembrando-se inclusive de coisas que já haviam sido esquecidas ou perdoadas, indicam a presença de espíritos malignos fazendo o trabalho de possessão e gerando má influência em um ou em ambos os parceiros.

Não só quando a pessoa fica falando mal, mas quando também os outros na  familia, na escola, no trabalho, até mesmo amigos começam a falar mal ou negar ao outro por causa de influência de espíritos negativos. Nem sempre a crítica aos outros provém de nosso próprio pensamento, mas influênciados por espíritos negativos começamos a gerar essa desarmonia entre os nossos semelhantes.

“Tome cuidado quando começar a pensar mal do próximo, pois é sinal que você está possuído ou permitindo que espíritos negativos o influenciem.” Devemos tomar cuidado pois fofocas para denegrir as pessoas,  falas não construtivas, quer seja entre amigos, no trabalho, ou em casa, entre familiares, indica influência espiritual nefasta.

O problema é que se um dos parceiros, o marido ou a mulher, começar a criticar o outro, ainda que o espírito malígno esteja influenciando um só lado, ao ouvir as criticas, o outro lado também começa a pensar mal, abrindo as portas da nossa alma que espíritos malígnos a invadam, acabando por ficar as duas pessoas tomadas por influências espirituais negativas. O resultado disso é que começarão a brigar e  a não conseguirão se enteder, se perdoar mais, tornando-se mais egoístas, pensando cada vez mais em sí próprio, sem se colocar na posição do outro.  Dessa forma, acabam se separando, divorciando, etc.

O Divórcio é em grande parte consequência não de um casamento errado, mas sim originado pela influência negativa de espíritos malígnos, que impediram que o casal conseguisse se redimir das críticas mútuas e se harmonizar.

O triângulo amoroso, isto é, quando uma pessoa casada que começa a ter alguma relação amorosa com outra pessoa fora do casamento, tem origem em influência ou possessão espiritual negativa. Se você esteve ou está nessa situação, abra os olhos imediatamente, pois está sendo obsediado por espíritos malígnos que aumentam sua atração sexual e material para fora do casamento.  Nesse caso, o espírito negativo descobriu uma brecha no seu coração e se encondeu lá no fundo, sendo muito difícil arrancá-lo.

Por que isso acontece ?

O excessivo apego material, o egoísmo, o orgulho, o hábito de ficar julgando as pessoas e quando começamos a enxergar somente os defeitos e coisas ruins nos outros, estamos abrindo a porta de nosso coração para os espíritos malígnos. Eles se simpatizam com esse tipo de pensamento, vindo em grande quantidade até nós, penetrando fundo em nosso coração.

A causa que mais atrai espíritos malígnos são os pensamentos negativos que temos, pois geramos uma baixa vibração espíritual, que atrai os semelhantes de baixa vibração espiritual. Com isso, deixamos de ser nós mesmos, passando a ser controlado pela vontade do mal.

Para combater isso, devemos primeiro mudar a si próprio.

Para evitar que os espíritos malígnos se apoderem de nós, devemos cuidar cuidar para não  criar nuvensde pensamento negativos ou tomarmos do veneno da negatividade. Mesmo que o próximo tenha falhas e pontos negativos, não devemos focalizar nisso tornando-o maior do que já parece. Não há necessidade de ficar cultivando as falhas do outros.

É preciso estar ciente de que a nossa liberdade não pode interferir na forma de ser do próximo. Não temos o direito de falar mal, criticar ou denegrir o próximo.  Até mesmo um rei deve estar ciente de que precisa respeitar a liberdade do seus súditos. 

Não temos o direito de dominar, influenciar, escravizar ou matar os outros. Não temos esse tipo de liberdade, pois ele ou ela não nos pertence.

A nossa mente é o nosso reino, onde mandamos e desmandamos, portanto, a decisão de ter um bom ou mal coração depende da própria decisão de cada pessoa.

Por isso,  recomenda-se que antes de se irritar contra alguém ou dizer que não dá para ajudar esse alguém, pare um pouco e pense um pouco mais.

Coloque-se no lugar da outra pessoa e tente sentir e ver sob a perspectiva dele. Apesar de você dizer que não tem condições de ajudar os outros, dentro do próprio coração temos a capacidade de ajudar 100% das vezes. Pois somos totalmente livres para fazer o que quisermos. A verdade é que nem sempre estamos querendo ajudar, as vezes não queremos nem mesmo ouvir o problema dos outros. Em geral falta amor, misericórdia, fraternidade. Se quisermos auxiliar os outros, podemos, pois somos livres para decidir o que fazer. Somos livres tanto para negar e com para dizer sim. A decisão é somente nossa.

Quando nos predispomos a mudar o nosso jeito de ser primeiro, quando nos esforçamos para ajudar o companheiro, compreendendo as suas dificuldades, conseguiremos melhorar os outros também. Exigir que os outros melhorem sem darmos um passo sequer, não resolverá os problemas.

Mas, conforme mudamos a nossa forma de pensar, emitindo pensamentos positivos e energia para o bem, a luz da verdade começará a modificar os outros também. O pensamento positivo tem poder de influenciar o ambiente à nossa volta e as pessoas com quem convivemos. 

Se tentarmos dominar ou controlar as pessoas, não conseguiremos que elas mudem. No entanto, dependendo da forma e do quanto nós mudamos é possível influenciar as pessoas para que mudem também. Devemos dar o primeiro passo ao invés de exigir que o outro mude.

O caminho está aberto e acessível igualmente para todos. Todos tem o mesmo direito.

A nossa vida seguinte (no mundo espiritual) vai sendo determinada gradativamente conforme nós agimos 100%, 90%, 50%, 10% ou 0% em harmonia com a vontade de Deus.

Todas as coisas que pensamos e fazemos retornam para nós.

Assim, se adotamos uma postura construtiva e positiva, as coisas melhorarão de acordo com o nosso esforço em avançar. Se mudarmos a nossa forma de pensar e de agir, conseguiremos mudar o mundo.

Pontos Chaves desta mensagem especial:

1 – No caso de desarmonia no lar, é 90% certo de que está havendo influência de algum espírito malígno.

2 – Os espíritos malígnos são atraídos pelos nossos pensamentos negativos, apegos materiais e desejos mundanos.

3 – Não é possível controlar a mente do próximo, mas temos a liberdade de controlar a nossa mente. Portanto, primeiramente é mais importante começar  mudar a si mesmo.

—————–

Comentários:

Atualmente, sou divorciado. Sem sombra de dúvida, se naquela época eu tivesse os mesmos conhecimentos que tenho agora, a respeito da verdade espiritual que aprendi na Happy Science (Ciência da Felicidade), não teria me separado. A razão é que o marido e a mulher, ainda que achem que se casaram por engano e que não foram feitos um para o outro, possuem profunda ligação cármica e vieram a este mundo para crescerem espiritualmente juntos, ainda que por algum tempo somente. As coisas aconteceram da mesma forma como o Mestre Okawa explicou acima, possivelmente por influência espirituais negativas a situação ficou insustentável. Hoje minha vida mudou de tal forma, que é praticamente impossível voltar atrás, pois envolve o destino e felicidade de outras pessoas importantes. Mas, fazendo uma análise de minha vida conjugal anterior, olhando profundamente, não existia uma razão concreta para separação. Hoje, esse motivos não tem mais valor algum. Mas o egoísmo de ambos ficou muito ressaltado, olhando somente para as próprias necessidades, sem tentar procurar respeitar e colocar-se no lugar do outro, (e por influência de espírito malígnos) permitimos que julgassemos mal um ao outro, resultando em desentendimento, separação e divórcio. Faltou o amor que se dá, pelo qual não se espera nada em troca e não se exige nada em retorno. Hoje reconheço que não a odeio e não guardo qualquer mágoa. Muito pelo contrário, a perdoei e alimento um profundo amor fraterno e respeito a ela, agradecendo a Deus por tê-la tido como minha companheira e como mãe dos meus dois primeiros filhos. Aprendi muito enquanto estive em sua companhia e ela me ajudou muito e me fez muitas vezes feliz. Sim, somente os espíritso malignos podem fazer nos esquecer do bem que recebemos dos outros e enxergarmos somente os momentos tristes e de desarmonia. No fundo do meu coração desejo e oro para que ela seja muito feliz. Na Happy Science é ensinada a auto-reflexão que, se praticada diariamente, nos ajuda enxergar os erros, se arrepender e perdoar, afastando definitivamente os maus espíritos.

Reverências.

Comments Off

プチ打つの原因 Causas da Depressão e Solução

Relação do Corpo e Mente

 

Relação do Corpo e Mente

Causa da Depressão e Solução プチ打つの原因

No livro 心と体の本当の関係 (Kokoro to karada no hontou no kankei), cujo significado é “a verdadeira relação entre o corpo e a mente (ou espírito) escrito pelo Mestre Ryuho Okawa, são feitas várias abordagens a respeito das causas das doenças, suas origens, razões e como evitá-las.

Baseado no que consta no livro e pela experiência vivida na Happy Science, vou descrever parte da tradução desse tema e fazer algumas sugestões para ajudar aqueles que gostaríam de evitar esse tipo de doença.

Parece não muito comum, mas uma das doenças que afeta muita gente é a depressão.

A depressão é resultado do estado mental de não querer fazer nada. Por não sentir vontade de fazer as coisas, as pessoas acometidas desse problema acabam ficando mais desanimadas e doentes, passando a se alimentar pouco, desregradamente e sem qualidade.

O Mestre Okawa explica que a principal causa da depressão, que gera falta de vontade ou desânimo provêm de uma influência espiritual negativa.

Depressão tem origem quando se está obsediado

Isto é, quem está em estado de depressão está sendo obsediado por um ou mais espíritos negativos.

Como isso começa ?  Existem muitos fatores que levam a pessoa à depressão, mas o resultado provém da falta de confiança na própria capacidade de realização das coisas.

O que leva uma pessoa a ficar depressiva podem ser os seguitnes

1 – Falta de auto-confiança; Falta de esperança;

2 – Julgar-se incapaz de fazer as coisas; Sentir-se incapza de enfrentar uma situação;

3 – Ter preguiça de trabalhar ou fazer atividades;

4 -Ser dependente dos outros ou das coisas;

5 – Complexo de inferioridade; Sentir-se mal amado;

6 – Solidão;

Pensamentos Negativos atraem maus espíritos

Mas por que esses sentimentos brotam no coração das pessoas ?

A razão é bem simples, a pessoa emitiu pensamentos de baixa vibração, atraindo espíritos que se identificaram com esse tipo de pensamento. Vindo até a pessoa, eles passam a envolvê-las com baixas vibrações que resultam em pensamentos e sentimentos negativos.

O Mestre reforça que espíritos negativos não vem às pessoas que brilham na luz e são otimistas.

Mas pessoas que  estão emitindo pensamentos de baixa vibração e negativos ficam expostas aos espiritos malígnos, tornando-se presa fácil e, logicamente, eles captam essa vibração, vem e atacando a pessoa envolvendo-a numa nuvem negra de negativismo e sugando suas energias.

Como evitar ser invadido por espíritos negativos

Para impedir isso. a pessoa precisa mudar o seu modo de pensar para mais positivo. A pessoa precia estar disposta a mudar o próprio jeito de ser para melhor.

Mas para pensar positivo, precisamos olhar primeiro para dentro de si e verificar quais pensamentos negativos que estão passando em nossa mente. É preciso enxergar o que está errado e mudá-lo para melhor.

Normalmente, antes de tornar-se depressiva, a pessoa começa a reclamar das coisas, colocar a culpa nos outros pelos fatos ocorridos ou falhas sofridas, falar mal dos outros, evitando assumir a responsabilidade pelos próprios atos.

Nós atraímos aquilo que está acontecendo em nosso volta

O Mestre ensina que a tão famosa lei da atração é de fato uma realidade. Isto quer dizer que os acontecimentos ruins foram criados por nós mesmos. É difícil aceitar isso, mas essa é a verdadeira realidade. Somos culpados das coisas ruins, azares, falhas, prejuízos, brigas, desavenças, ódio e inimizades que vivemos. Nós atraímos tudo isso quando mantemos pensamentos negativos e baixa vibração.

Pensamentos negativos atraem maus espíritos, que por sua vez geram mais pensamentos negativos, aumentando cada vez mais o efeito maléfico sobre a forma da pessoa pensar.

Bem, então é preciso fazer uma auto-análise e identificar que tipo de pensamento estamos emitindo comumente que está atraindo esse tipo de acontecimento negativo. É preciso saber se o pensamento foi gerado por nós ou por outra entidade tentando nos desviar do caminho.

Saiba que ao fazer uma reflexão sobre os nossos pensamentos, desejos e atos em relação aos outros, precisamos reconhecer que o verdadeiro amor é quando damos amor sem nada esperar em troca. E ao fazermos isso, na medida que vamos reconhecendo nossos erros, vamos expulsando os espíritos invasores.  

Muitos dos  sentimentos negativos surgem, também, quando desejamos ser amados, ser reconhecidos ou ser admirados pelos outros. Mas, como os outros não nos dão a devida atenção, começamos a pensar negativamente. A raiva e a inveja criam um campo energético desarmonico em nosso coração espiritual, por onde entram “as garras” dos espíritos negativos.

Precisamos avaliar as coisas sob as perpectivas do amor. Estamos sendo amorosos com os outros, sem nada esperar em troca ? Ou estamos querendo ser mimados pelos outros? Será que estamos amando verdadeiramente os outros ou estamos tentando prender as pessoas à nossa volta?

Como fazer uma auto-reflexão

Para fazer a auto-reflexão, devemos procurar preferencialmente um local tranquilo. Pode ser em casa ou no escritório. O importante é conseguir se isolar mentalmente do ambiente em que se encontra, de forma que possa se concentrar na revisão dos pensamentos e atos passados.

Se em casa, recomendo o seguinte:

1.- Preferencialmente, num ambiente isolado e tranquilo, começar pela ao oração ao Senhor El Cantare, reconhecendo a sua luz, poder, sabedoria e amor, solicitando a sua proteção e objetivando nos harmonizar espiritualmente com a nossa essência Divina., a Fonte original.

2.- Em seguida, orar ao nosso anjo da guarda, agradecendo sua presença e proteção, solicitando para que nos ilumine e nos guie no processo de reflexão mental.

3.- A seguir, sentar em alguma cadeira confortável, com a coluna ereta, tentando manter o pescoço, os ombros e os braços relaxados. Para acalmar a mente e relaxar, comece a  respirar calma, ritmicamente e de forma profunda. Inspire pelas narinas, até que o ar chegar à parte de baixo do pulmão, forçando a barriga um pouquinho para baixo, e, em seguida, soltando lentamente o ar pela boca. Repetir esse processo por alguns minutos, focando a atenção na nossa respiração. Se preferir pode colocar uma música suave própria para a meditação, em baixo volume, para auxiliar a adquirir um estado de calma mental e criar um ambiente própício à meditação com mais facilidade.

4.- A partir do momento que sentir que mente estár calma, perguntar-se o que fez de errado. Por exemplo: Relembrar os pensamentos negativos, tais como as vezes que colocou a culpa nos outros. Avlaiar com sabedoria a situação ajudár a reconhecer que, se quiséssemos, poderia ter sido diferente. Devemos mentalmente reconhecer os casos em que não demos o amor verdadeiro, que não espera nada em troca. Encontrando algum pensamento errado, reconheça o erro, arrependendo-se, e peça perdão a Deus e mentalmente à pessoa, propondo-se a adotar uma postura mais otimista e dedicar-se a trazer soluções mais favoráveis aos outros. Saiba que quando dás amor, não preciso esperar nada em troca, pois no mundo espiritual receberás em dobro. Portanto, não há necessidade de exigir nada de ninguém. Apenas dedique seu amor às pessoas, fazendo um esforço para alegrá-las.

5.- Visualize uma luz espiritual brilhante envolvendo seu ser. Manter um suave sorriso no rosto, sentindo que uma luz dourada que o envolve e o protege. Se não conseguir fazer isso e tiver tendo pensamentos negativos, abra suavemente os olhos, para voltar um pouco à realidade. Evite locais escuros nessa meditação. Novamente ore e comece a meditação novamente. Repita todo esse processo diariamente ou cada vez que se sentir mal ou inseguro. Cada vez que fizer isso, estará exorcizando os espíritos negativos, isto é,expulsando os maus espíritos que estão tentando te influenciar e te usar.

6.- No momento que sentir que a luz celestial te envolveu, ou sentir-se aquecido e tranquilo, pode prosseguir à busca dos pensamentos ou sentimentos ruins que teve durante o dia. Traga-os para fora, analise suas ações e palavras. Repita esse processo com certa frequencia e emane cada vez mais luz de seu coração, perdoando-se a si mesmo e também as outras pessoas.

Quando efetuar auto-reflexão

O Mestre Okawa recomenda que façamos a reflexão diariamente, não deixando que raízes malígnas finquem suas garras em nossas mentes, arracando-os antes que passem a nos influenciar negativamente. Se possível, devemos ir meditar, ao menos uma vez por semana, no templo da Ciência da Felicidade mais próximo de nossa casa. Se não houver um próximo de nós, devemos ter o HOGONZON em casa e praticar esse tipo de meditação próximo a ele. O motivo é que no templo ou diante do HOGONZON receberemos um fluxo de luz muito mais poderoso do que em qualquer outro lugar. Mas o melhor mesmo é comparecer no Templo da Happy Science e participar da cerimônia ou oração de exorcização de espíritos malígnos.

Os espíritos malígnos detestam que façamos auto-análise, pois eles não conseguirão se manter ligados caso você comece a emitir luz, pensamentos positivos, amor, etc. Ao olharmos e pensarmos sobre o lado positivo das coisas, esforçando-nos para corrigir, estaremos fazendo indiretamente um exorcismo mental e espiritual. Inevitavelmente, nossa essência original de Filhos de Deus surgirá envolvendo-nos na luz Celestial. Esse estado espiritual não pode ser suportado por espíritos malígnos, pois pertencem à escuridão.

Mas cuidado. Esforce-se para manter, a partir daí, bons pensamentos e sempre procurando ver o lado positivo das coisas. Não reclame, não pense mal, não faça coisas para irritar ou desagradar os outros, caso contrário, você os atrairá novamente e será cada vez mais dominado. Esforce-se para mudar você e sua de pensar primeiro e o resto mudará também.

Adote uma postura diária de humildade e gratidão. Não queira ser melhor que os outros. Quem é bom, não precisa se mostrar. Se os outros te elogiarem, alegre-se com isso e agradeça de coração, mas não fique orgulhoso disso, procurando manter a humildade. Em contrapartida, elogie as pessoas também. Veja o lado bom das pessoas e das coisas e alegre-se com isso.

Ao praticar a gratidão, pensar positivamente, tonar-se humilde, dar amar e fazer as pessoas alegres,  você sentirá uma infinita sensação de felicidade preencher o seu coração. Você se tornará num poderoso emissor de luz e energia positiva. Isso abrirá o portal celestial que fará fluir inifitas energias para você, trazendo-lhe  prosperidade e felicidade.

Compromisso de Melhorar a si próprio

A partir de agora, olhe sempre para o lado positivo das coisas. Encare os fatos como uma lição de amor que tenta lhe transmitir algo de bom. Não pense que você está sendo punido ou tendo que pagar, pelo contrário está recebendo uma chance de se purificar do erro e elevar-se espiritualmente. Procure ser feliz por si só. Não espere que os outros te façam feliz. Pelo contrário, tente fazer as pessoas à sua volta mais felizes. E lembre-se de  não esperar nada em troca. Quando você começar a fazer coisas pelos outros, sem nada esperar em troca, estará dando um passo para o verdadeiro caminho da iluminação espiritual.

Parte deste texto foi extraído do Livro originalmente em japonês, A VERDADEIRA RELAÇÃO ENTRE O CORAÇÃO (MENTE) E O CORPO, escrito pelo mestre Ryuho Okawa e adaptado para apresentar uma idéia simplificada de como exorcisar maus espíritos e evitar influência negativas.

Reverências.

Comments Off

A vida é um caderno de exercícios

 Um Guia para o Coração

 

“A vida é um caderno de exercícios”

Eis uma afirmação verdadeiramente sábia.

Quanto mais repetires os anos de treinamento na vida,

Tanto mais profundamente sentirás o seu significado.

 

A causa de tudo está nas sementes que plantas no teu coração (mente)

e no modo como as nutres.

Também depende

De como te relacionas com os demais,

E de como pensas e ages

Na tua relação com o mundo que te rodeia.

 

A idéia de que

Podes solucionar os problemas da vida

Mediante o teu próprio esforço

É o ponto de vista daqueles que crêem na lei da causalidade.

 

O que tu consideras bom

E o que consideras ruim?

Que atos achas

Que correspondem à Vontade de Buda (Deus)

E que atos

Te parecem maus?

Tu és convidado

A escolher e a tomar decisões diariamente.

O conjunto dessas respostas

É o resultado final da tua vida.

 

Deves ter o estado de espírito

Capaz de aceitar que o resultado que há de vir na próxima vida

Não é destino, e sim a soma dos teus esforços.

 

(Texto originalmente escrito em japonês pelo Mestre Ryuho Okawa, extraído da revista Ciência de Felicidade, no.155, edição em português).

 

Comentários:

 O objetivo de nascermos nesta 3a. dimensão é polir nosso coração a ponto de fazê-lo brilhar como um diamante.

Para fazê-lo brilhar, devemos crescer espiritualmente através experiencias vividas nesta terra.

Quanto mais passamos por determinadas situações, mais ficamos escolados e preparados. A vida é uma escola onde teremos que repetir as mesmas matérias até que tenhamos aprendido a lição para qual no propusemos quando estávamos no mundo espiritual e solicitamos autorização para encarnarmos.

Mas, depois que viemos para o mundo terreno, acabamos por nos esquecer da nossa missão e da nossa proposta que tínhamos em nosso coração no momento antes de reencarnar.

A grande Lei da Causa e Efeito, também conhecida como Lei do Karma, é expressão do amor de Buda, e tem como função guiar-nos para as experiências necessárias à nossa evolução espiritual. Através dessa Lei somos atraídos para situações semelhantes, até que tenhamos compreendido a lição.

O objetivo da Lei do Karma é dar nos a oportunidade de aprender verdadeiramente sobre os erros que cometemos, arrependendo-se e evoluindo nosso ser.

O ingridientes que determinam a Lei do Karma são as sementes que plantamos em nosso coração. Se são boas sementes, teremos bons resultados. Se são sementes ruins, resultará em sofrimentos e afastamento da luz de Buda.

Nunca se esqueça que somos os culpados das coisas que nos acontece. Tudo é a combinação da forma como nos relacionamos com os outros, como pensamos, como agimos, nossas esperanças e nossas alegrias, etc.

Se estamos construindo a Utopia neste mundo, isto é, estamos contribuindo para a expansão dos ensinamentos de luz, se estivermos em harmonia com todos, estaremos construindo um futuro brilhante.

O Mestre sempre está batendo na mesma tecla, isto é, ensinando  que dependendo do você julga certo ou errado, a sua vida vai se transformando para melhor ou para pior. A resposta está no seu aprendizado neste livro que é a Vida

Devemos ter confiança e fé em Deus, o Senhor Buda, e pedir para Ele nos ilumine e nos conduza para o caminho certo.

Poder é querer, querer é poder. Tudo que você deseja será manifestado nesta 3a. dimensão para atender o que está na sua mente. Por isso é importante vigiar o que se pensa,  fala e faz.

Não temas os resultados, mantenha a mente forte e inabalável.

E lembre-se que tudo o que acontece contigo foi criado por você mesmo. Você é o arquiteto de sua vida e ninguém mais.

Corrija o seu pensamento, saiba discernir entre o certo e errado, fazendo auto-reflexão diariamente.

A auto-reflexão faz com que nos arrependamos e melhoremos a nossa vida, pois não cometeremos os mesmos erros, quebrando a linha de sofrimento e restabelecendo a nossa essência espiritual pura de Filhos de Buda, isto é, filhos de Deus.

Se arrependermos nesta vida e não errarmos mais, estaremos reduzindo muito o risco de ir para o inferno ou o risco de ter a proxima vida afetada em função do que fizemos nesta vida, em razão da Lei do Karma.

Reverências 

Comments Off